Escolher a cadeira da papa

À MESA COM OS MAIS CRESCIDOS...

CADEIRA DE REFEIÇÕES

O bebé já pode participar na refeição familiar sentado na sua cadeirinha.

O bebé já pode participar na refeição familiar sentado na sua cadeirinha.

 

A partir dos seis meses, o bebé precisa de comer outras coisas além de leite. Oferecer-lhe a alimentação complementar à mesa dos mais crescidos tem muitas vantagens: 

 

  • Demonstra interesse pelos alimentos que se comem: quanto mais coisas provar desde uma tenra idade, mais rica será a sua dieta quando crescer. 
  • Observando como comem as outras pessoas, sente-se mais um elemento da família e associa as horas das refeições a sensações agradáveis. 
  • Como à mesa se fala de muita coisa diferente, o bebé entra em contacto com expressões pouco habituais para a sua idade o que, a longo prazo, se traduz numa maior riqueza de vocabulário. 

 

A mesa familiar é o espaço ideal para assimilar as normas de comportamento durante as refeições. Além disso, o bebé aprende também que faz parte de um grupo com uma cultura e uma identidade: “as almôndegas são uma receita da avó, à sobremesa há melão porque estamos no Verão, no Natal comemos pratos especiais, etc…”. 

STOKKE - CADEIRA CLIKK

A nova cadeira evolutiva Clikk, monta-se em apenas 1 minuto e sem utilização de ferramentas. Pode utilizar-se a partir dos 6 meses até aos 3 anos. O pousa pés é ajustável, o que torna a cadeira mais cómoda para o seu bebé. Limpa-se com um pano húmido e a bandeja pode ir à máquina de lavar. Está incluído na cadeira Clikk a bandeja e o arnês.

E SE O BEBÉ NÃO QUISER COMER NADA? 

Nada de pânico! Muitas crianças, sobretudo as que são amamentadas, não querem provar nada sólido até aos oito ou dez meses. A única coisa que pode faltar ao seu filho se não comer carne é o ferro. Nesse caso, o pediatra pode receitar-lhe um suplemento, a fim de prevenir deficiências nutricionais. 

 

O principal objectivo da alimentação complementar não é nutricional, mas sim educativo, para que o bebé se vá habituando à alimentação dos adultos. O mais importante é que a criança retire prazer da comida. Podemos sentar o bebé ao colo ou deixá-lo na sua cadeirinha, para que todos desfrutem deste momento em família.