Carrinhos de Passeio

Carrinhos de Passeio

A vida com o seu bebé corre sobre rodas.

Na rua com o bebé

carrinho de passeio é perfeito a partir dos seis meses, quando a criança já viaja sentada.

Se quiser utilizá-lo antes desse momento, o carrinho deve ser totalmente reclinável, para que o bebé possa ir deitado, sem quaisquer danos para as costas. Além disso, quanto mais leve e fácil de abrir e fechar, melhor. Certifique-se de que cabe na bagageira do automóvel e no elevador do seu prédio.

 

Alguns carrinhos têm dupla orientação, para poder transportar o bebé virado para si quando está a dormir ou no sentido da marcha, se estiver acordado.

 

Para os mais urbanos, a prioridade é que seja facilmente manejável e de tamanho reduzido. Se gosta de passeios no campo, os mais indicados são os modelos todo-o-terreno, com suspensão e rodas próprias para pisos irregulares.

 

Descubra todos os modelos intemporais da colecção Classic da Bugaboo.

 

Ver tudo ›

 

Especificamente concebido para pais que procuram um look elegante mas neutro em termos de género, caracteriza-se pelos seus tecidos fabricados a partir de materiais reciclados.

 

A colecção é facilmente reconhecível pelo seu aspecto sóbrio e ao mesmo tempo subtil, graças ao forro interior acolchoado.

Outros detalhes introduzidos pela nova colecção são o guiador e a pega de transporte em pele sintética preta e jantes pretas no caso do Bugaboo Bee 5.

 

A Colecção Bugaboo Classic. Estilo intemporal com um toque contemporâneo.

Porque os verdadeiros clássicos nunca passam de moda.

 

Cesto de compras: capacidade de 22 litros; peso máximo 4 kg. O peso do carrinho inclui apenas chassis, rodas e cadeira.

 

REGULAMENTAÇÃO RELATIVA A CARRINHOS DE BEBÉ

(ORGANIZAÇÃO DE CONSUMIDORES E UTILIZADORES)

ESCLARECIMENTOS DE ILEANA IZVERNICEANU, PORTA-VOZ E DIRECTORA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS DA ORGANIZAÇÃO DE CONSUMIDORES E UTILIZADORES

 

A norma europeia a que devem obedecer os carrinhos de bebé é a UNEEN 1888:2012, que estabelece os requisitos de segurança e fabrico destes dispositivos.

 

Nas instruções de utilização, os fabricantes devem fazer referência ao facto de o carrinho respeitar esta norma, sendo este o primeiro factor a ter em consideração pelos consumidores antes da compra.

 

Nos produtos destinados a serem usados por crianças pequenas, a segurança deve ser a primeira preocupação.

 

Além disso, é necessário ter em atenção as características dos diferentes elementos que compõem o carrinho, como sejam:

 

  • Certificar-se de que o assento é reclinável, especialmente para crianças muito pequenas.
  • Certificar-se de que o carrinho tem cinto de segurança de cinco pontos entre as pernas, na cintura e nos ombros. O cinto deve ser regulável.
  • Cesto acessível e com boa capacidade.
  • O apoio para os pés deve ser regulável, o que ajudará a manter a postura correcta da criança.
  • A forma de abrir e fechar deve ser cómoda, com mecanismo que impeça que se feche acidentalmente.
  • Travão capaz de bloquear o carrinho numa rua inclinada. Os travões que actuam sobre as duas rodas ao mesmo tempo são mais eficientes.
  • Rodas de maior diâmetro: transpõem melhor os obstáculos, embora também ocupem mais espaço.
  • Tecido amovível, lavável e respirável.
  • O guiador deve ser uma barra horizontal ou de dois punhos, se o carrinho for do tipo chapéu­‑de-chuva.